Fiat Uno: Regulagens personalizadas

Fiat Uno / Conhecimento do veículo / Regulagens personalizadas

BANCOS - fig. 4

Qualquer regulagem deve ser feita exclusivamente com o veículo parado.

Regulagem no sentido longitudinal

Levantar a alavanca A e empurrar o banco para a frente ou para trás. Ao soltar a alavanca, verificar se o banco está bem travado, tentando empurrá-lo para a frente e para trás. A falta deste bloqueio poderia provocar o movimento do banco, fazendo-o deslocar alguns milímetros para frente ou para trás.

fig. 4
fig. 4

A etiqueta "Extra curso" B-fig. 5, localizada na parte inferior dos bancos dianteiros, é referente a um deslocamento adicional para ocupantes de estatura média alta. Para utilizá-lo, retirar o batente C-fig. 6 com uma chave de fenda (não fornecida) e empurrar o banco para trás. Ao voltar o banco para a posição anterior, de curso normal, recolocar o batente em sua posição.

Regulagem no sentido longitudinal
fig. 5

Regulagem no sentido longitudinal
fig. 6

Verificar se o banco está bem travado empurrando-o para frente e para trás.

Regulagem do encosto do banco dianteiro

Para reclinar completamente, ou para regular adequadamente a inclinação do encosto, girar o dispositivo específico D-fig. 7, para permitir a liberação do encosto.

Regulagem do encosto do banco dianteiro
fig. 7

Regulagem do encosto do banco dianteiro
fig. 8

Regulagem do encosto do banco traseiro

O encosto do banco traseiro pode ser colocado em duas posições, de acordo com a necessidade de mais ou menos espaço no porta-malas. Para alterar a posição do encosto, puxe a alavanca E-fig. 8.

Após o reposicionamento do encosto, certifique-se de que o mesmo esteja bem encaixado e travado.

Regulagem em altura do banco dianteiro

Em algumas versões, para regulagem mecânica da altura do banco, atuar na alavanca F-fig. 9.

A regulagem deve der feita atuando na alavanca F-fig. 9 levantando-a tantas vezes quantas forem necessárias para obter a posição desejada. Para abaixar o banco, deve ser feito o procedimento contrário.

Regulagem em altura do banco dianteiro
fig. 9

Não desmontar os bancos nem efetuar serviços de manutenção e/ou reparação nos mesmos: operações realizadas de modo incorreto podem prejudicar o funcionamento dos dispositivos de segurança. Dirigir-se sempre à Rede Assistencial Fiat. 

APOIA-CABEÇAS

Bancos dianteiros - fig. 10

Para aumentar a segurança dos passageiros, os apoia-cabeças são reguláveis em altura. 

Lembre-se que os apoia-cabeças devem ser regulados de maneira que a nuca, e não o pescoço, se apoie neles.

Somente nesta posição podem protegê- lo em caso de batidas. 

APOIA-CABEÇAS
fig. 10

Para regular a altura, levantar o apoia-cabeça e colocá-lo na altura desejada.

Para abaixá-los, pressionar o botão A-fig. 10.

Para removê-los, reclinar um pouco o encosto, pressionar os botões A e B-fig. 10 simultaneamente e puxá-los para cima.

Bancos traseiros - fig. 11

Para os bancos traseiros estão previstos apoia-cabeças reguláveis em altura.

Em algumas versões, está previsto um terceiro apoia-cabeça no banco traseiro.

Para efetuar a regulagem: levantar totalmente os apoia-cabeças até a altura máxima e certificar-se do travamento, ou abaixá-los totalmente.

Bancos traseiros
fig. 11

Para abaixar os apoia-cabeças apertar o botão B-fig. 11 para destravá-lo.

Para removê-los, levantá-los na altura máxima, apertar os botões A e B-fig. 11 ao lado dos suportes e puxar mais um pouco para cima.

A operação de remoção dos encostos de cabeça é facilitada rebatendo-se o banco traseiro para a frente, agindo na alavanca E-fig. 8.

ACESSO AOS BANCOS TRASEIROS (versão com 3 portas - fig. 12)

Pode-se acessar facilmente os bancos traseiros por ambos os lados: - Acionar a alavanca A-fig. 12 conforme a seta, mantendo-a acionada e rebater o encosto para frente até atingir o final de curso;

ACESSO AOS BANCOS TRASEIROS
fig. 12

ADVERTÊNCIA: o banco deve estar bem travado para evitar o seu movimento e possíveis acidentes.

Ao retornar o banco para sua posição original, acompanhe o movimento lentamente com as mãos e certifique que eventuais obstáculos (objetos soltos ou mesmo os pés dos passageiros), não irão se interpor no curso do banco até seu perfeito travamento.

Antes de permitir o ingresso ao banco traseiro, certifique-se de que a regulagem longitudinal do banco dianteiro seja adequada para acomodar o passageiro traseiro.

ADVERTÊNCIA: o projeto de um veículo é concebido atualmente para que, em casos de sinistros, os ocupantes sofram o mínimo de consequências possíveis. 

Para tanto, são concebidos na ótica de "Segurança ativa" e "segurança passiva". No caso específico dos bancos, estes, quando da ocorrência de impactos que possam gerar desacelerações em níveis "perigosos" aos usuários, são projetados para deformarem-se e assim, reduzir o nível de desaceleração sobre os ocupantes, "preservando-os passivamente".

Nestes casos, a deformação dos bancos deve ser considerada uma desejada consequência do sinistro, uma vez que é na deformação que a energia do impacto é absorvida

Considera-se que após constatada esta deformação, o conjunto deverá ser substituído.

VOLANTE - fig. 13

Pode ser regulado no sentido vertical (algumas versões):

  1. deslocar a alavanca A-fig. 13 para a posição 2-fig. 13;
  2. efetuar a regulagem do volante;
  3. retornar a alavanca à posição 1 para travar o volante novamente.

Nos veículos dotados de direção hidráulica, não permanecer com o volante em fim de curso (seja para a direita ou esquerda) por mais de 15 segundos, sob pena de danificar o sistema.

VOLANTE

ESPELHO RETROVISOR INTERNO - fig. 14

Deslocando a alavanca A obtém-se:

  1. posição normal.
  2. posição antiofuscamento.

O espelho retrovisor interno é equipado com um dispositivo contra acidentes que o desprende em caso de choque.

ESPELHOS RETROVISORES EXTERNOS

Com regulagem interna

Com regulagem interna manual fig. 15.

Por dentro do veículo, mover o botão A para movimentar o espelho na posição desejada.

Com regulagem interna

Com regulagem externa (sem comando interno)

Faz-se a orientação do espelho retrovisor através da própria lente, movimentando até a posição desejada.

Qualquer regulagem deve ser efetuada somente com o veículo parado.

As lentes dos espelhos retrovisores são parabólicas e aumentam o campo de visão. No entanto, diminuem o tamanho da imagem, dando a impressão de que o objeto refletido está mais distante do que a realidade.

Com regulagem externa

Se a saliência do espelho criar dificuldades numa passagem estreita, dobre-o da posição 1-fig. 15 para a posição 2.

ESPELHO DE VIGILÂNCIA - fig. 16

Está localizado no teto de algumas versões, próximo à luz interna dianteira, e permite ao motorista ter uma visão panorâmica dos lugares traseiros. Para utilizar o espelho de vigilância, deslocá-l da posição A para a posição B como ilustrado na figura.

Não forçar o espelho de vigilância em direção ao para-brisa para evitar que o mesmo se desencaixe da sua sede.

Com regulagem externa

Veja também:

Hyundai HB20. Porta-objetos
Estes compartimentos podem ser utilizados para armazenagem de pequenos itens necessários para o motorista ou passageiros. CUIDADO Para evitar a possibilidade de furtos, não deix ...

Fiat Uno. Quadro de instrumentos
Vivace 1.0 8V Flex Velocímetro. Velocímetro. Indicador do nível de combustível. Indicador de temperatura do líquido de arrefecimento do motor. Econômetro. Way 1.0/1.4 8V Flex ...

Modelos



Todos os direitos reservados: © 2020 www.bautoportu.com 0.0089